COLUNA DE HOJE
50ª Expo Prudente
Agenda
Amigos dos Trígonos
Angélica Bongiovani
Apea
Atuação Parlamentar
Baladas
Cidadania Italiana
Cidades da Região
Cinema
Claudia Riecken
Comportamento e Sexualidade
Concursos & Empregos
Crônicas de José Dassi
Cultura
Curiosidades
Decoração & Paisagismo
Desenvolvimento Holístico
Desenvolvimento Pessoal
Diário da Motocicleta
Diário de Buenos Aires
Diário de Londres
Diário de Singapura
Dicas do Chef
Dr.Belmiro d'Arce
Empresas & Negócios
Entrevistas
Espaço Literário
Esportes
Everton Souza
Fábulas Fabulosas
Festas
Galeria de Artes
Gotas de Reflexões
Guia de Prudente
Hélio Martinez
Hospital Regional do Câncer
Intercâmbio & High School
Iracema Caobianco
Isso é Dez Pra Mim
Letícia Martins
Medicina 2010
Minhas Viagens
Nas ondas do rádio
Noticias da Toledo
Nutrição e Atividade Física
O Imparcial
O Que Prudente Tem de Bom
Opinião
Painel do Couro
Painel Rural
Personalidades Prudentinas
Presidente Prudente
Prudenshopping News
Prudentinos pelo mundo
Renata de Luca
Residencial Damha
Responsabilidade Social
Rotary on line
Rubens Shirassu
San Fernando
Saudades Prudentinas
Saúde
SAÚDE MENTAL
Segurança & Tecnologia
Sinomar Calmona
Stúdio Desirée Soares
Tânia Rodrigues
Tênis Clube
Terapia Familiar
Turismo
Últimas Notícias
Veiculos
  68 | Leitores OnLine
   
 
 
 
 
 
 
 
Criativa e produtiva: Horta Vertical Orgânica
Muitas pessoas desejam ter uma horta em casa ou na empresa, mas não sabem como fazê-la. Em geral, nas casas, um espaço que poderia ser destinado à horta acaba sendo revestido com piso de cerâmica ou concreto, não restando terra sequer para um canteiro. Quem mora em apartamento, então, conta com outra dificuldade, além da área restrita: a falta de uma insolação adequada.
Certamente é possível plantar hortaliças em vasos cerâmicos ou potes de plástico, mas esses recipientes têm seus inconvenientes, como ocupar muito espaço e ter pouca profundidade, o que impede o desenvolvimento das mudas. Os vasos de barros, por exemplo, não servem, pois são pesados, trincam e quebram com facilidade. Já os vasos de plásticos pretos, além do custo mais alto, esquentam demais, tornando-se inadequados a esse tipo de cultivo.
Foi pensando nessas particularidades que o administrador de empresas Eduardo Walter de Oliveira Borges e sua esposa, Regina, criaram uma técnica inédita a partir destas características inusitadas: a combinação do uso de um espaço vertical com o plantio em vários níveis, utilizando para isso tambores e outros recipientes de plástico reutilizáveis, como bombonas e até garrafas PET.
A primeira experiência foi na própria residência do casal, na cidade de Jundiaí, em São Paulo, onde montaram uma prática horta vertical em uma área de apenas 16 metros quadrados (4 m x 4 m) de piso de concreto. Porém, foi o suficiente para produzir e satisfazer o consumo diário de hortaliças para sua família de seis pessoas.
“Foram muitas as incertezas, mas no decorrer de algum tempo, fazendo várias experiências, aprendemos a ter sucesso”, diz Eduardo Borges. “Ao divulgarmos os resultados, percebemos que o número de pessoas que queriam cultivar uma horta era maior do que imaginávamos. E elas sempre esbarravam nestas mesmas dificuldades: falta de terra para uma horta tradicional e falta de idéia para resolver o problema de outro jeito.” Com o passar do tempo, o invento de Eduardo e Regina tornou-se marca registrada.
Sem dúvida, a Horta Vertical® Orgânica pode ser uma solução prática e eficiente até para quem tem apenas a sacada do próprio apartamento, por exemplo, e quer produzir e consumir suas próprias hortaliças. Porém, mais importante do que a satisfação de um desejo, talvez seja a de que esse sistema pode solucionar um dos grandes problemas contemporâneos que é a incerteza de procedência e a qualidade dos vegetais adquiridos no mercado. Muitas pessoas que aprenderam esta técnica estão se abastecendo com legumes, verduras e temperos tenros e saborosos livres de qualquer agrotóxico, composto químico ou bactérias nocivas.
E os benefícios não se restringem apenas aos frutos de uma alimentação mais saudável. Torna possível a prática de uma terapia extremamente agradável, quase em desuso na região urbana, que é lidar com a terra e colher seus frutos.
Box
Como funciona:
ESPAÇO OCUPADO E RENDIMENTO A unidade produtora apresentada na foto tem as seguintes dimensões: 1 metro de altura por 40 centímetros de diâmetro. Ela permite a produção de até 25 pés de hortaliças, suficientes para o consumo mensal de uma pessoa, desde que novas mudas sejam replantadas imediatamente após a colheita para consumo.
TEMPO DESPENDIDO O tempo necessário para manutenção de uma horta já implantada, para uma família de seis pessoas, é de no máximo 20 minutos diários, em média, para regar, colher, semear, transplantar e cuidar da compostagem (adubo). Para apreciar e mostrar aos amigos, isso demora um pouco mais!
IMPLANTAÇÃO Cada unidade produtora, como mostra a foto, tem um custo de inicial de montagem aproximado de R$ 50,00, mas poderá ser reaproveitada indefinidamente. Existem outros tipos de unidades com custos menores.
CUSTO DE MANUTENÇÃO Após a implantação, os custos passam a ser mínimo, em média, R$ 8,00 por mês, para uma horta que abastece uma família de seis pessoas.
CONSUMO DE ÁGUA Uma das vantagens da horta vertical é a economia de água, apenas o suficiente para manter a terra úmida. A perda pela evaporação é muito menor do que em uma horta convencional.
FAZ SUJEIRA? Após a montagem das unidades não haverá sujeira.
A COMPOSTAGEM CHEIRA MAL? A compostagem, quando realizada conforme as instruções, não deverá produzir qualquer mau cheiro. Pode ser feita dentro do ambiente doméstico.
O QUE PODE SER CULTIVADO? Alface, chicória, rúcula, agrião, almeirão, tomate, beterraba, berinjela, couve, salsa, salsinha, escarola, pimentão, cenoura, brócolis, orégano, hortelã, sálvia, poejo, manjerona, manjericão, tomilho, rabanete, mostarda, morango, maracujá, uva etc.
MANUAL DE INSTRUÇÕES
Quem se interessar, pode adquirir o Manual da Horta Vertical® Orgânica completo com o próprio autor, Eduardo Walter de Oliveira Borges, pelo e-mail: contato@hortavertical.com.br. Outras informações no site www.hortavertical.com.br. Nas versões impressa ou digitalizada, com fotos coloridas e todas as instruções de montagem de uma horta.
Responsáveis por escolas ou projetos comunitários que atendem pessoas carentes, quando devidamente identificados, podem receber esse Manual GRATUITAMENTE por e-mail.
HORTA VERTICAL® é marca registrada pelo autor.