26.8 C
Presidente Prudente
sexta-feira, outubro 22, 2021
spot_img

Repórter do jornalístico “Rede Tv News” começou a carreira em Prudente

Murilo Rincon Collado, 29 anos, é natural de São Bernardo do Campo, porém com 6 anos de idade mudou-se com a família para Presidente Prudente, onde cresceu, estudou, se formou e deu os primeiros passos na carreira profissional.

Filho de mãe contadora e de pai administrador de fazenda, seu interesse pelo jornalismo começou cedo. Quando tinha 12 anos e cursava a 5ª Série do Ensino Fundamental no SESI-423, localizado no bairro Mário Amato, em Prudente, ele e mais quatro amigos tivemos a ideia de montar um jornalzinho escolar e, com o dinheiro arrecadado (valor simbólico de R$00,25 centavos), ajudar a Associação de Pais e Mestres do colégio.

“Na época, a direção da escola adorou a ideia e nos disponibilizou um espaço na escola para que a gente produzisse o jornal no contraturno escolar. O exemplar semanal se chamava “Olho Vivo” e era composto por entrevistas com professores, dicas de estudo, lembretes escolares, piadas, alguns jogos como caça-palavras, curiosidades sobre as disciplinas que a gente cursava, e até um espaço para que os alunos publicassem recadinhos para os amigos. Foi um sucesso! Foi ali que eu decidi que era aquilo que eu queria como profissão, mas foi só um ano depois de formado no Ensino Médio, pela Escola Estadual Monsenhor Sarrion, que prestei vestibular na Universidade do Oeste Paulista, a Unoeste, e comecei a cursar jornalismo”, narrou o jornalista.

Sua primeira oportunidade profissional, na área, foi como estagiário de comunicação no Colégio Multiplus (antigo Pluri – esqueminha), onde teve oportunidade de escrever uma coluna semanal, no Jornal O Imparcial, sobre as atividades realizadas pelo colégio, além de produzir o “TV Multiplus”, um informe semanal de um minuto que era veiculado todos os sábados no intervalo do programa “Caldeirão do Hulk”, na TV Fronteira – Afiliada Rede Globo. Depois de lá, teve a oportunidade de estagiar na produção do programa “Super Útil”, que fazia parte da grade de programação do entretenimento da TV Band Paulista. Na época, foi o primeiro contato que teve com os bastidores de uma emissora de televisão, mesmo que ainda não fosse diretamente no jornalismo propriamente dito. Foram pouco mais de sete meses na função até conseguir estágio no jornalismo da TV Fronteira, no qual trabalhou por muitos anos até me formar.

Murilo deixou de ser estagiário para se tornar repórter web no extinto IFronteira.com e, posteriormente, nos portais G1 e GloboEsporte.com.

“ Fui muito feliz nesta emissora, mas o meu objetivo sempre foi o vídeo. Meus ídolos na profissão foram vários ao longo dos anos, mas um em especial, com quem me identifiquei desde o início, foi o Tiago Leifert, hoje apresentador do Reality Big Brother Brasil, da TV Globo. Na época, no comando do Globo Esporte-SP, foi ele quem trouxe uma nova cara para o jornalismo esportivo, segmento pelo qual sempre fui apaixonado. Tive a honra de conhecê-lo pessoalmente em 2015, no estúdios da Globo em São Paulo e, desde então, tenho me dedicado para me tornar um profissional a altura da competência dele”, pontuou.

Sua primeira oportunidade como repórter de TV veio com o convite da TV Band Paulista, para cobrir a licença-maternidade de uma repórter: “Agarrei a chance com todas as forças e comecei a construir um portfólio com reportagens de todas as áreas: esporte, política, matérias de comportamento e também policiais. Me redescobri na profissão e, a partir daquele momento, meu sonho de criança havia se tornado realidade. Após a Band Paulista, tive passagens pela Record TV Paulista, em Bauru-SP, TV TEM – Afiliada rede Globo, em Botucatu-SP, SBT Interior, em São José do Rio Preto-SP e TV Centro América, também Afiliada Rede Globo, em Rondonópolis, no interior de Mato Grosso, até chegar a RedeTV!, em São Paulo, onde atuo como repórter do jornalístico “RedeTV News”, desde março de 2020”.

Murilo conta que ao longo  de sua trajetória no jornalismo pode acompanhar de tudo um pouco, mas, de longe, o maior desafio até aqui está sendo atuar na cobertura da pandemia do novo coronavírus: “Não somos imunes e nem estamos vacinados, mas estamos todos os dias nas ruas, enfrentando as mais difíceis situações, justamente, para que as pessoas possam ficar seguras e bem informadas sobre essa guerra histórica que o mundo atravessa. O jornalismo nunca foi tão importante como nos dias de hoje, principalmente, diante do desserviço das “fakenews”.

Foi na RedeTV! que Murilo teve a oportunidade de escrever sua primeira série especial de reportagens. O tema? “Um ano de Pandemia”. Foram três reportagens especiais que contaram sobre a chegada do vírus no Brasil, os primeiros meses de isolamento social, o agravamento da crise econômica do país e a corrida para encontrar uma vacina que pudesse trazer de volta a esperança de dias melhores.

Hoje o profissional se sente realizado profissionalmente mas revela que ainda tem sonhos e objetivos a conquistar no Jornalismo: “Costumo dizer que feliz é aquele que tema chance de poder trabalhar todos os dias com aquilo que mais gosta, e que sorte a minha poder  exercer uma profissão que me tira da rotina, que me permite conhecer novas pessoas, contar novas histórias, fazer novas amizades, descobrir novos lugares, e que, até aqui, tem proporcionado os momento mais incríveis da minha vida. Por isso eu digo: enquanto o jornalismo pulsar nas minhas veias e continuar fazendo o meu coração bater mais forte, trabalharei incansavelmente em prol da sociedade e da democracia”, finalizou.

Artigos Relacionados

Redes Sociais

0FãsCurtir
26,227SeguidoresSeguir
6,884SeguidoresSeguir
- Advertisement -spot_img

Últimas

Open chat