14.8 C
Presidente Prudente
terça-feira, agosto 9, 2022
spot_img

“Prudente é minha terra, é minha casa”, diz Dinnal

Dinnal Cruz concedeu entrevista exclusiva para a Revista Domingo, pouco antes da estreia de sua carreira solo, no dia 30 de junho, no Japan Tower, em São Paulo.

Por: Francinara Nepomuceno

REVISTA DOMINGO: Dinnal, qual é sua expectativa para o show de hoje?

DINNAL CRUZ: É grande! Hoje vamos cantar para a imprensa, formadores de opinião e amigos. São Paulo é onde tudo acontece e todo cantor quer se apresentar aqui. O Japan Tower é da Lilian Gonçalves, filha do saudoso Nelson Gonçalves; considerada a rainha da noite, ela é quem está apadrinhando todo o evento.

REVISTA DOMINGO: Então hoje é o seu show de estreia?

DINNAL CRUZ: Sim! A vida toda eu cantei com o meu irmão e nunca pensei em formar outra dupla. Aconteceu o “Não se vá” porque precisávamos de uma voz feminina, mas já tenho seis músicas gravadas a solo. Estamos em fase final com uma gravadora multinacional, então tem muita coisa boa acontecendo. Estou imensamente feliz! Agradeço a Deus, à minha família, minha equipe e a todos vocês.

REVISTA DOMINGO: Você retornou para resgatar o sertanejo romântico? O que pensa sobre as novas gerações do ritmo?

DINNAL CRUZ: A intenção é essa mesmo, até porque é uma questão de estilo. Como cantor, eu sou muito grato às duplas universitárias, pois elas quem mantiveram a referência do sertanejo quando tudo parecia estar sendo esquecido naquela época que perdemos o Leandro (irmão de Leonardo), o José Rico, o Trio Parada Dura, João Mineiro e Marciano, dentre outros. Eu sou um grande admirador do Jorge (Jorge & Matheus) e tive o prazer de conhecer pessoalmente a Marília Mendonça. Certa vez eu estava em Goiânia e encontrei a Marília em um restaurante. Como minha filha é fã incondicional dela, pedi um autógrafo; muito simpática, ela fez mais, gravou um vídeo para a Ana Laura e depois foi nas redes sociais e comentou. Então isso foi uma grande lição de humildade e carinho com os fãs.

REVISTA DOMINGO: Qual música da sua carreira que você considera coringa?

DINNAL CRUZ: Em 1988, fomos um dos primeiros a gravar uma versão de “Debaixo dos caracóis”, do Roberto Carlos, e o público amou! Quando teve a volta do Dinnal & Dorival em 2021, gravamos uma música composta pelo meu irmão chamada “Só uma palavra”; essa música quase bateu 1 milhão de visualizações no Youtube. Hoje, é a “Não se vá”, que com três dias de lançada, teve 2 milhões de visualizações e agora ultrapassa os 3,1 milhões.

REVISTA DOMINGO: Quem é a sua referência musical?

DINNAL CRUZ: Com certeza o meu pai e os meus tios que formavam os Seresteiros do Brasil. Tanto que escolhi “Não se Vá” por causa dele.

REVISTA DOMINGO: No tempo em que ficou afastado dos palcos, como foi trabalhar com o marketing esportivo?

DINNAL CRUZ: Sempre achei que vender é uma arte. Quando paramos a dupla em 2007, a minha esposa, Anagela, estava grávida da Ana Laura, e eu precisava trabalhar. Fui trabalhar com propaganda na Rádio Globo e depois na gráfica Imagem, ambas em Prudente. Um dia, um amigo, o “Tupãzinho”, que me conhecia desde a época do time Opec, me convidou para trabalhar com o marketing esportivo. Primeiro fui para o Grêmio Maringá F.C, depois Bragantino F.C, Paraná F.C., e fiz uns trabalhos no Corinthians e Inter de Limeira.

Dinnal com sua esposa, Anágela

REVISTA DOMINGO: Foi nessa época que você mudou para Peruíbe?

DINNAL CRUZ: Eu morava em Maringá e viajava para trabalhar esporadicamente em Bragança Paulista, no Bragantino F.C. Até que fui convidado para ficar de vez no time e morar lá. Mas a Anagela sempre quis morar na praia e Peruíbe tem o segundo melhor oxigênio do mundo. Mudamos para lá e continuei no Bragança F.C. Hoje faz quatro anos que moramos em Peruíbe e não queremos mais sair de lá.

REVISTA DOMINGO: Qual é o momento mais marcante em sua carreira?

DINNAL CRUZ: A primeira foi quando ganhei o festival “A mais bela voz colegial” na Escola Plácido de Braga Nogueira, no Parque Alvorada, cantando a música “Pensamento”, do Giliard. Outros, por exemplo, como o lançamento do primeiro disco; quando cantei “Cabocla Teresa” no Viola, Minha Viola (TV Cultura); o recebimento de Título de Comendador na Câmara Municipal de Presidente Prudente… E a mais recente foi esses dias, quando cantei o Hino Nacional à capela na Assembleia Legislativa em um evento da Associação Paulista dos Colunistas Sociais.

Dinnal e sua filha, Ana Laura

REVISTA DOMINGO: A Anagela foi quem te motivou a retornar?

DINNAL CRUZ: Sim! Eu gosto muito de cozinhar ouvindo música. E toda vez eu chorava. Um dia ela chegou para mim e disse que não aguentava mais me ver chorar, e a minha filha me falava: “papai, eu nasci para te ver cantar”. Elas me pediram para eu voltar aos palcos. Em 2020, o maestro Pinocchio foi em casa e também me convenceu. O Pinocchio foi arcodeonista nosso em 1988, quando gravamos “Debaixo dos caracóis”.

REVISTA DOMINGO: Como você conheceu a Josiane Moura?

DINNAL CRUZ: Quem grava os meus clipes é a Calango Filmes, que também produz Gustavo Lima, Lucas Lucco, Maiara & Maraísa… E o Diogo, um dos sócios, que sabia da minha vontade em gravar “Não se vá”, foi quem me apresentou a Josiane. Ela viralizou um vídeo cantando a música “A gente fica sem se amar”, enquanto dava banho no filho. Quando eu ouvi a voz dela, eu disse: “achamos a voz!” Fui para Goiânia e gravamos em apenas 12 minutos. Nascemos para cantar “Não se vá”.

Dinnal e Josiane Moura, no dueto Não se vá

REVISTA DOMINGO: E “Quem é que tá aí?”

DINNAL CRUZ: Essa música é uma composição do Marcelo Melo e é minha próxima de trabalho. Nós gravamos o clipe em Barra Bonita, sob a produção do produtor Davi Alan.

REVISTA DOMINGO: Que recado você deixa para os prudentinos?

DINNAL CRUZ: Prudente é minha terra, é minha casa, e está rodando a minha música em todas as rádios. Para mim é uma emoção indescritível. Quero muito em breve fazer um show para todos vocês.

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

0FãsCurtir
32,658SeguidoresSeguir
7,069SeguidoresSeguir
- Advertisement -spot_img

Últimas