14.8 C
Presidente Prudente
terça-feira, agosto 9, 2022
spot_img

Projeto Gaia destaca comportamento empreendedor para a mulher do agronegócio

Em 22 de julho, o Projeto Gaia promoveu o “Chá Mulheres do Agro Oeste Paulista 2022” no auditório da Superintendência do Sicredi Rio Paraná, cerca de 40 integrantes tiveram uma tarde de networking e conhecimento sobre o comportamento empreendedor para a mulher do agronegócio.

A idealizadora, Roberta Melo, informou que no último mês o grupo formou e efetivou a primeira diretoria. “Hoje, o projeto Gaia cresceu, tem uma diretoria e virou uma empresa; a partir disso, estaremos mais preparadas para trabalhar com a mulher do agro do oeste paulista”, frisou. Diretora executiva, além de Roberta, a diretoria é formada por Fabiana Tamaoki (jurídico), Chiara Penachin (marketing) e Fernanda Bandeira (financeiro).

: Chiara Penachin, Roberta Melo, Fabiana Tamaoki e Fernanda Bandeira, diretoria do projeto Gaia

Roberta salientou que a cada encontro mensal, novas mulheres integram ao grupo. “Após as reuniões, muitas delas vêm partilhar suas expectativas comigo, e como as palestras proporcionam uma visão de empreendedorismo dentro do agronegócio, desde como ajudar seus pais e maridos, até como administrar melhor as questões familiares”, comentou. “Atualmente, a mulher está ao lado do homem do campo para unir forças e somar, em um setor que falhou na sucessão familiar, há séculos”, destacou.

Roberta Melo falou sobre o objetivo do projeto e a diretoria

Consultora regional do Sebrae-SP, Paula Cristina Pereira ministrou a palestra da tarde. Em uma abordagem dinâmica, ela falou sobre como vencer os desafios enfrentados pela mulher empreendedora, que tem jornada tripla de trabalho. Segundo, atualmente 6,8 milhões de mulheres brasileiras atuam no setor, com uma estimativa de 82 mil na região.

Paula Cristina Pereira, coordenadora do Sebrae

Presente, o presidente do Sicredi Rio-Paraná, Jorge Bezerra Guedes, ressaltou que ainda há muitos espaços para a mulher conquistar no agro. “Uma iniciativa promissora como do projeto Gaia merece todo o nosso apoio para que elas se cresçam cada vez mais profissionalmente”, disse.

A zootecnista Heloisa Junqueira faz parte do projeto há seis meses. Para ela, o Gaia tem contribuído no empoderamento e motivação das produtoras para novos aprendizados. Maria Fernanda Coimbra trabalha com o pai no setor do agro há cerca de três anos; “essa é uma profissão muito masculina, e o Gaia mostra como também somos capazes de ser protagonistas nesse setor”, pontuou.

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Redes Sociais

0FãsCurtir
32,658SeguidoresSeguir
7,069SeguidoresSeguir
- Advertisement -spot_img

Últimas