24.8 C
Presidente Prudente
domingo, dezembro 3, 2023
spot_img

Escritora é premiada em primeiro lugar no Proac

Despertar o hábito da leitura e da escrita em alunos das escolas públicas da região do Pontal do Paranapanema é o principal objetivo do projeto “Ler Expande Caminhos”, idealizado e produzido pela escritora Regina Prieto. O projeto foi classificado, em primeiro lugar, entre os 27 selecionados no edital 42/2022 do PROAC (Programa de Ação Cultural do Governo do Estado SP), que selecionou projetos com ações voltadas à cidadania cultural, produção e realização de Projeto Cultural/Pontal 2030.

A escritora já circulou pelas 6 escolas contempladas para receber as visitas e as ações do projeto em três municípios do Pontal, entre eles, Teodoro Sampaio, Sandovalina e Santo Anastácio . Com palestras de incentivo à leitura e à escrita, foram doados, para salas de leitura, 34 livros e também houve sorteios de exemplares entre os alunos participantes da palestra. Ao todo, foram mais de 200 exemplares distribuídos. Também foi realizada uma palestra no Lions Clube Teodoro Sampaio intitulada Tudo Posso Quando Leio, onde o projeto foi lançado e ela falou para plateia de jovens sobre sua experiência com a escrita de seus livros já publicados, das premiações literárias que recebeu, do trabalho de incentivo à leitura, sobre o processo de escrita e, também, a agenda de atividades do projeto, sua importância e sobre alegria com a aprovação no Proac.

Já há vários anos, a escritora Regina Prieto tem feito visitas em diversas escolas de todo o Oeste Paulista, sobretudo na região do Pontal do Paranapanema, onde ela reside e realiza diversas atividades literárias independentes nessas escolas e em outras localidades. Por este motivo, resolveu desenvolver e inscrever o projeto “Ler Expande Caminhos” no PROAC, a fim de contar com apoio e subsídios para a ampliação e diversificação dessas atividades. O projeto foi escrito neste edital, especificamente por ser voltado para apoiar a produção de projetos que compõem o programa Pontal 2030. Segundo a escritora, com o apoio que o PROAC disponibiliza para esse projeto foi possível não só levar os livros de sua autoria para as escolas, mas também de outros escritores cujo trabalho ela teve a oportunidade de conhecer e admirar.

Durante sua visita na Escola Estadual Alice Maciel Sanches, em Santo Anastácio, ao realizar todas essas atividades com os alunos, a escritora também teve a oportunidade de lembrar de momentos de sua infância já que é nascida no município, onde passou sua infância e foi ao frequentar a escola e a biblioteca da cidade que desenvolveu o amor pela literatura e a escrita “Já viajei por várias cidades do Brasil com meu trabalho literário, mas essa tem um toque especial para mim, pois foi lá que comecei me encantar cada vez mais pela literatura e a escrita, espero que eu consiga plantar essa semente tão boa no coração desses alunos”.

Ainda de acordo com ela, a aprovação do projeto, no PROAC, foi um momento de grande felicidade. “Para mim, foi uma grande felicidade essa aprovação, pois é muito trabalho envolvido na área literária, desde a escrita do projeto, até a publicação do resultado e a cada fase concluída. Após cada uma das etapas, ver seu nome na lista de aprovados e saber que seu projeto poderá contribuir com tantos jovens estudantes e que você vai poder trabalhar a leitura e a escrita de forma completa com todas as suas potencialidades para o desenvolvimento humano e social, é uma sensação indescritível. Quem trabalha com literatura sabe quanto esse apoio é fundamental”, enfatiza a escritora.

Artigos Relacionados

Redes Sociais

0FãsCurtir
32,985SeguidoresSeguir
7,119SeguidoresSeguir
- Advertisement -spot_img

Últimas

1701567137