33.8 C
Presidente Prudente
quinta-feira, maio 23, 2024
spot_img

Dr. Donizete Meira Junior é Doutor pela melhor universidade da América Latina

Médico formado pela Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB) – Universidade Estadual Paulista (UNESP) em 2017, Cirurgião Geral pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP),  Cirurgião do Aparelho Digestivo pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC-FMUSP), o Dr. José Donizeti Meira Junior acaba de defender sua tese de Doutorado pela USP, sendo aprovado por unanimidade, aos 28 anos de idade.

Donizeti Júnior foi o primeiro aluno de sua turma no curso de Medicina pela Unesp.  Ingressou na Residência Médica pela Unesp, como primeiro colocado. Foi também o primeiro lugar em Cirurgia Digestiva pela USP (capital).

Fez 4 anos de residência na USP de São Paulo, conquistando brilhantemente os títulos de especialista em Cirurgia Geral e Cirurgia Digestiva. Durante a graduação em Medicina recebeu bolsa de Iniciação Científica pela FAPESP e pelo PIBIC/CNPq/UNESP por projetos de iniciação científica desenvolvidos e publicados. Além disso foi monitor de disciplinas de Semiologia, com bolsa. Realizou estágio optativo em Medicina Intensiva na Universidade de Regensburg – Alemanha, em 2016; e estágio extracurricular voluntário em Cirurgia Geral no Hospital “Fakultni Nemocnice Kralovske Vinohrady” da 3rd Faculty of Medicine em Praga – República Tcheca em 2016.

Após terminar os 4 anos de residência na área de cirugia digestiva, no Hospital das clínicas da USP de São Paulo, foi aprovado para a única vaga para o Brasil, do “fellow””, patrocinado pela  sociedade americana de cirurgia do fígado, vias biliares e pâncreas, por 2 anos, nas 3 melhores universidades da América Latina.

“Ele não mediu esforços e dedicação aos estudos,  trabalhos, responsabilidade, boas amizades, humildade, e sempre atendendo seus pacientes com respeito, disciplina e com humanidade. É um exemplo de filho, que sempre soube honrar e nos orgulhar. Somos muito gratos por nos proporcionar momentos tão especiais e emocionantes para nossa família”, relatou o orgulhoso pai, também médico, Dr. José Donizete Meira.

………..

A TESE VERSOU SOBRE O TUMOR PRIMÁRIO MAIS COMUM DO FÍGADO

A  Tese foi defendida em sessão realizada no  dia 03/07/2023 e conferiu o título de Doutor em Ciências em Gastroenterologia pela Universidade de São Paulo – recentemente eleita a melhor universidade da América Latina e uma das 100 melhores do mundo – ao Dr. José Donizeti de Meira Júnior.

O título foi “Avaliação do Escore Plaqueta-Albumina como preditor de risco e sobrevida pós-operatória em pacientes com carcinoma hepatocelular submetidos a ressecção hepática”. A tese foi defendida em uma aula didática ministrada pelo autor, e na sequência houve uma arguição a respeito do tema realizada pela banca – composta apenas por professores dos serviços mais tradicionais de cirurgia de fígado da cidade de São Paulo. Após a defesa e arguição, o candidato foi elogiado e aprovado por unanimidade, recebendo o título de Doutor em Ciências em Gastroenterologia.

Explicou o Dr. Donizeti  Junior que o carcinoma hepatocelular é o tumor maligno (câncer) primário mais comum do fígado, e afeta principalmente pacientes que já possuem alguma doença hepática crônica ou cirrose, como aquela provocada por hepatites virais (hepatite B ou C), consumo excessivo de álcool, ou esteatose hepática / doença hepática metabólica (associada a obesidade). Por afetar pacientes que já possuem doença hepática, muitas vezes, é difícil predizer o risco de complicações associado a cirurgia do fígado nesses pacientes, e alguns acabam necessitando inclusive de transplante de fígado. Com a intenção de melhorar a avaliação desses pacientes e adicionar mais informação antes da cirurgia, foi estudado um escore de fácil aplicação pré-operatória, possibilitando reduzir o risco de complicações (e sua gravidade) durante e após o procedimento. O trabalho. e orientado pelo Prof. Dr. Paulo Herman, professor livre docente da USP e chefe do grupo de cirurgia do fígado do HC, foi publicado em revista acadêmica internacional, sendo motivo de orgulho para o departamento. Vale destacar que o tema trata de pacientes complexos e que necessitam de cirurgias de grande porte, as quais devem preferencialmente ser realizadas por equipe altamente especializada e em centros de referência, como o Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, onde o Dr. Donizeti Jr. realizou toda a sua formação cirúrgica, durante um período de 5 anos.

DONIZETI MEIRA: “GOSTARIA QUE OS MEUS PAIS ESTIVESSEM VIVOS PARA VIVENCIAR ESTE MOMENTO”

Pronunciamento emocionado do pai, Dr. José Donizeti Meira, na cerimônia de entrega do titulo de Doutorado, ao filho José Donizete Meira Júnior:

“Agradecimentos a Deus pela vida/saúde e estar aqui nesta Solenidade. Aos Mestres-professores – que além de transmitirem seus conhecimentos continuam enaltecendo  e elevando ainda mais a Medicina como um todo. Aos amigos, funcionários, os médicos e residentes, e preceptores pelo apoio em sua trajetória. A esta instituição, grande fonte de saber, classificada em primeiro lugar na América Latina, um orgulho nacional, sonho de todos. A esta banca, composta por mestres que dedicam seu precioso tempo em prol da Ciência; a minha família, esposa, filha e Ana Paula, sua namorada, que não mediram esforços para dar o suporte ao Doutorando; à mãe, Angelina, em especial, pela dedicação impecáve; ao professor Paulo Herman, pela orientação nessa tese, por sua gentileza, não mediu esforços , estando sempre presente em sua carreira, o consideramos um verdadeiro paizão. Finalizando, meu agradecimento especial para Donizete Júnior: Sempre acreditei no seu potencial, mas você está sempre nos surpeendendo, e agora, aos 28 anos, já conquistando o titulo de Doutorado. Gostaria muito que meus pais estivessem vivos para vivenciar este momento”.

Artigos Relacionados

Redes Sociais

0FãsCurtir
32,985SeguidoresSeguir
7,119SeguidoresSeguir
- Advertisement -spot_img

Últimas