Cauê Madureira e Evelyn: movimentos sincronizados

Dupla treina Cherleading na Praça do Centenário

Por: Sinomar Calmona
25 de Abril de 2021

Esporte começou em universidades americanas

Todos os dias de manhã o educador físico Cauê Madureira e a fisioterapeuta Evelyn são vistos treinando na Praça do Centenário, e chamam atenção. Eles praticam uma modalidade pouco conhecida no Brasil o Cheerleading, esporte que começou em universidades americanas, para animar as torcidas em jogos escolares, e dissiminou-se pelo mundo, com equipes que passam treinamentos e disputam campeonatos e torneios. Cauê e Evelyn praticam o esporte desde 2014. Diante das restrições da pandemia passaram a treinar na praça, ao lar livre, diariamente das 7 às 8 horas. Segundo eles, o Brasil já tem 80 equipes e mais de 200 times, o equivalente a 10 mil atletas praticando o Cheerleading. No esporte os praticantes mostram  suas habilidades com acrobacias, saltos, dança com movimentos sincronizados, levantamentos e formação de pirâmides. “A modalidade esportiva é formada por três pilares: ginástica, acrobacias e dança”, explicou Cauê. Segundo ele  a ginástica ritmada representa 50% do cheerleading? A coreografia é essencial para uma apresentação e requer bastante esforço físico. São horas intensas de treinos diários para quase 3 minutos de apresentação.



Me cadastrar



Log In Nopontal